Cuminho (Falso-cominho, Pelunco)
Fimbristylis miliacea (Fimbristylis littoralis)

Espécie herbácea, anual ou perene e que se desenvolve em todo o País, ocupando áreas alagadas e solos saturados. Instala-se com frequência em áreas irrigadas do Nordeste brasileiro destinadas à implantação de fruticultura.
Planta muito perfilhada, com caules quadráticos apresentando a mesma espessura da base ao ápice. Folhas da base da planta lineares, firmes, algumas mais longas do que o caule. Inflorescência do tipo panícula ramificada e aberta, constituída por espigas assentadas sobre pequenas brácteas em número de 1 a 3. Espigas ovoides de coloração acastanhada ou ferrugínea, inseridas em eixos de 2ª ou 3ª ordem. Fruto do tipo núcula. Diferencia-se das demais espécies do gênero por apresentar o caule levemente quadrático. Propaga-se por meio de sementes.
Planta invasora bastante freqüente na planicie litorânea, infestantdo principalmente lavouras anuais, como arroz irrigado e inundado. É uma invasora banstante agressiva, dominando completamente as demais plantas presentes na área. Uma planta pode produzir até 10 mil sementes, que germinam durante todo o ciclo das plantas anuais, escapando da ação de herbicidas residuais. Em lavouras de arroz, a manutenção de uma lâmina de água sobre o solo diminui a germinação de suas sementes.