Malva-branca (Guaxima, Guanxuma-branca, Malva-veludo)
Sida cordifolia

Nomes comuns: guaxima, guaximba, guaxuma, guanxuma-branca, malva, malva-branca, malva-veludo, vassoura, vassourinha, vassourinha-alegre.

Descrição: Espécie subarbustiva perene que se desenvolve em todo o País, instalando-se em áreas com lavouras anuais e perenes e áreas olerícolas ocupadas com batata e cebola. Instala-se também em pomares de laranja e goiaba, e nos cultivos de banana. Hospedeira de pulgões Aphis gossypii e do ácaro Brevipalpus phoenicis, que transmite o vírus da leprose dos citros. Forma compostos alelopáticos que inibem o desenvolvimento das mudas de eucalipto. Fornece pólen para abelhas-arapuá ou abelhas-irapuã, pertencentes ao gênero Trigona. A casca do caule é utilizada no meio rural para a confecção de embiras, substituindo cordas para o amarrio de pequenos feixes.
Apresenta caule cilíndrico, bastante ramificado, verde e recoberto por pilosidade branca. Folhas alternadas helicoidais, com longos pecíolos canaliculados, pilosas e providas de um par de estípulas lineares. Limbo com as 2 faces pilosas e base sempre cordiforme, possuindo as seguintes formas: cordiforme típico, ovalado de ápice agudo ou obtuso, quase orbicular com ápice lobado e até assimétrico. A margem apresentase ondulada ou serreada desde o ponto de inserção do pecíolo. Inflorescência axilar e terminal do tipo corimbo. Os corimbos terminais possuem maior número de flores. Flores com pedúnculos de tamanho diferentes, cálice com 5 sépalas soldadas, corola amarelada ou alaranjada com 5 pétalas diferentes e soldadas parcialmente, formando um tubo, garganta da corola em anel avermelhado ou amarelo mais escuro para as flores mais claras. Androceu com estames soldados e gineceu com estigma dividido conforme o número de lóculos do ovário. Fruto seco do tipo esquizocarpo, que se separa ao esfregaço em muitos mericarpos, cada um com 2 longas aristas com pelos voltados para a base. Pode ser diferenciada das demais do gênero por apresentar limbo com a base sempre cordata, pecíolo canaliculado, desprovido de pulvino, margem ondulada ou serreada em toda a extensão. Propaga-se por meio de sementes.